O catálogo de moda em vídeo tem se tornado cada vez mais uma referência para os consumidores, apresentando grande poder de influência nas decisões de compra. Pesquisas recentes apontam que a grande maioria dos consumidores fazem uma busca na internet antes de se decidir por qualquer produto ou marca e, entre essas buscas, o vídeo ocupa boa parte das pesquisas. Assim, vídeos com reviews de produto, unboxing ou vídeo de influenciadores falando sobre determinada marca acabam ganhando grande relevância entre o público.

Mas e no segmento da moda? É possível fazer com que o vídeo tenha também tamanha influência entre os consumidores, funcionando como um diferencial na decisão de compra, assim como em outros setores? A resposta para essas questões é sim, é possível tornar o vídeo em uma importante ferramenta de vendas também no segmento da moda e, para isso, um catálogo em vídeo pode ser um grande aliado.

Criação de identidade: a essência da marca.

criacao-de-identidade-catalogo-em-moda

O segmento da moda, como é sabido, vende muito mais do que peças de roupas. É através da criatividade, do estilo e da personalidade das coleções, das básicas às mais elaboradas, que as pessoas projetam suas próprias personalidades, expressando todo o seu jeito de ser, seu modo de ver e viver a vida.

Para as marcas de moda, portanto, é fundamental produzir coleções capazes de transmitir sua essência e experiência pretendida para cada estação. É neste ponto que o catálogo de moda em vídeo ganha relevância e se torna uma importante ferramenta, pois é capaz de criar cenários ideais que mexem com o imaginário do público, seja fazendo com que as pessoas se identifiquem com o que está sendo expressado em cena, ou então que visualizem em cena suas inspirações, uma experiência que desejam viver, ou um estilo de vida que almejam alcançar, tudo isso tendo como uma espécie de fio condutor, a própria marca e sua coleção.

O conteúdo do Catálogo de Moda em Vídeo e a diferença do Fashion Film

Quem é do meio da moda sabe da importância do Fashion Film na construção do reconhecimento da marca, pois são curtas metragens que carregam consigo uma atmosfera conceitual, artística, experimental e também comercial do universo fashion, tendo uma lógica similar a de um videoclipe, mas ao invés de vender uma música, a proposta é vender uma marca ou produto.

Embora muito semelhante, a diferença deste formato em relação ao catálogo em vídeo é que, enquanto o primeiro se preocupa em vender o conceito aplicado na coleção, o segundo se preocupa em mostrar esse conceito aplicado nas peças mais detalhadamente e em cenários compatíveis com o dia a dia do público. Os dois formatos, porém, podem funcionar juntos, dependendo do conceito pretendido pela marca. Aqui entra a criatividade na composição do vídeo, podendo apresentar os mais diferentes cenários, ou funcionando como uma espécie de making-of da coleção em si.

Seja direcionado ao público final, ou então a lojas e revendedores, uma coisa é certa: para alcançar excelentes resultados e fazer da coleção um sucesso, um bom vídeo não pode faltar nas estratégias de comunicação da sua marca, sendo o Fashion Film ou um Catálogo de Moda em Vídeo.