Você sabe o que são os formatos de áudio, por que e como eles se diferenciam? Nesse artigo, nós da Prime Filmes vamos te ajudar a entender melhor as diferenças e como escolher o melhor formato para seu vídeo.

O que são os formatos de áudio?

Os formatos de áudio são, basicamente, a extensão em que ele é salvo. E eles têm impacto direto na qualidade e tamanho do arquivo, alterando o espaço que ele ocupa no local em que for salvo, sejam computadores ou celulares.

Quais são os formatos de áudio?

Ao todo são 10 formatos de áudio, divididos em 3 grandes grupos: sem compressão, comprimido sem perda de qualidade e comprimido com perda de qualidade.

Áudio sem compressão

Esse formato apresenta a qualidade máxima do áudio. Por essa razão, o tamanho do arquivo é maior, uma vez que todo o espectro sonoro é reproduzido no som, inclusive a parte que não pode ser ouvida, e sem perder nenhum bits.

Esse formato de áudio é muito utilizado para trabalhos profissionais, como trilha sonora de filmes e captação de áudio. Os formatos mais conhecidos de áudio sem compressão são o AIFF, PCM e WAV.

Vale ainda ressaltar que ele pode ser exportado em outro formato, caso seja necessário, devido ao seu tamanho. Ocupando menos espaço na finalização do projeto, embora seja usado.

Comprimindo sem perda de qualidade

Esse grupo é meio termo entre os outros dois. Nesse formato de áudio a qualidade do som não é perdida, embora não seja usada a totalidade do espectro sonoro. Assim, ele tem um tamanho considerável, sendo necessário grande espaço para seu armazenamento.

Ele não é recomendado para trabalhos profissionais, mas é muito utilizado para quem precisa de uma trilha sonora de alta qualidade, embora não utilize a totalidade da mesma. Os formatos mais utilizados são ALAC, FLAC e WMA.

Comprimido com perda de qualidade

Esse formato de áudio é a opção mais compacta e, por isso, a mais utilizada pelo público em geral. Dessa forma, ela não é usada para trabalhos profissionais ou semiprofissionais, mas para propagação de áudios e músicas em geral.

O áudio comprimido com perda de qualidade ocupa pouco espaço de armazenamento e, por isso, está presente em diferentes plataformas, sendo ideal para viralização de trilhas sonoras, por exemplo.

Os formatos mais comuns são AAC, OGG, WMA e MP3. Esse último é compatível com quase todos os reprodutores de áudio e, por isso, um dos mais utilizados para a divulgação de trabalhos.

Como escolher o melhor formato de áudio?

Para escolher o melhor formato de áudio para seu trabalho, é importante ter em mente qual o seu objetivo. Por exemplo, caso seu objetivo seja produzir um trabalho de qualidade profissional, como um filme, é preciso escolher os formatos sem compressão, garantindo que o áudio tenha grande qualidade.

Já para aqueles que querem trabalhos semi profissionais, o formato intermediário é a melhor opção, garantindo a qualidade do trabalho a ser feito ao mesmo passo que não ocupa grande espaço de armazenamento.

Para a viralização de músicas e trilhas sonoras em geral, é recomendado o formato comprimido com perda de qualidade, fazendo com que o arquivo chegue até um maior número de pessoas em diferentes canais.

Encontrar o formato de áudio ideal para seu vídeo é um dos primeiros pontos para ter sucesso com sua produção. E a Prime Filmes te ajuda nesse processo. Entre em contato para tirar suas dúvidas, realizar orçamentos e maiores informações!

Produtora de Vídeo Prime Filmes