Do que você se lembraria mais: um punhado de estatísticas sobre como o uso do celular ao volante pode causar acidentes ou de um vídeo com uma história de cortar o coração contando o momento exato em que um acidente desse tipo acontece? Se você é como 99,99% das pessoas, com certeza a história é o que mais ficará na sua mente. E é por isso que o uso do storytelling na publicidade é tão importante: as estatísticas podem validar seu argumento, mas a história vai tornar sua marca, produto ou serviço inesquecível.

Além disso, usar o storytelling vai diferenciá-lo da concorrência e aumentar a confiança de clientes em potencial, gerando maior retorno e captação de leads.

Mas antes de saber como o storytelling pode ajudar em suas vendas, que tal entender um pouco mais sobre essa técnica?

Storytelling: contar histórias

Storytelling vem do inglês e significa contação de história.

Na publicidade, o storytelling é um método que utiliza palavras ou recursos audiovisuais para transmitir um conteúdo. A técnica tem sido bastante utilizada como um meio de promover uma marca sem fazer a venda direta, ou seja, sem o tradicional: compre.

Por que usar o storytelling na publicidade?

Os consumidores anseiam por conteúdo que os entretenha, os instrua ou inspire. Eles querem sentir emoções, sorrir, rir, chorar ou sonhar.

Em vez de ser algo que eles precisam “acompanhar” para acessar conteúdo de qualidade, a publicidade pode ser o conteúdo original que os consumidores procuram e interagem com eles, e o storytelling é uma ótima ferramenta para isso.

Estudos apontam que apenas 5% das pessoas se lembram dos gráficos e estatísticas apresentados, enquanto 63% se lembram facilmente de uma história bem contada.

Que tipo de storytelling é mais eficaz na publicidade?

Quando se trata de storytelling na publicidade, há duas grandes coisas nas quais você deve se concentrar: impacto emocional e relacionalidade.

Em outras palavras, quando você está contando a história da sua marca, de um produto ou serviço, você precisa contá-la de uma maneira que conecte você ao seu público-alvo .

Quanto mais as pessoas se conectam com uma história, mais elas se lembram dela, então criar conexões com suas histórias ajudará a criar laços duradouros e fidelidade entre seus clientes e sua empresa.

Como o storytelling pode alavancar as suas vendas?

1. Chama a atenção

Muitas pessoas tendem a ignorar quando um representante de vendas começa a falar sobre recursos e benefícios de um produto. No entanto, ao usar o storytelling, você pode transmitir as mesmas informações e manter a atenção através de uma história.

2. Histórias motivam

Uma boa história pode motivar os indivíduos a agir. Pode inspirá-los a fazer uma mudança e ver as coisas sob uma nova luz, inclusive adquirindo um produto ou serviço oferecido pela sua marca.

3. Constrói confiança

Contar histórias pode ajudar a criar confiança entre um vendedor e um cliente em potencial. Essa técnica pode adicionar uma nova dimensão ao processo de vendas, podendo ajudar os clientes em potencial a se conectarem com sua marca.

4. Acrescenta profundidade:

Os vendedores costumam usar estatísticas e dados como forma de convencer os clientes em potencial. Mas já sabemos que a eficácia desse tipo de abordagem é bastante efêmera. No entanto, incluir dados e fatos através do storytelling os torna mais interessantes e relacionáveis.

5. Histórias são memoráveis

Seus clientes são mais propensos a lembrar uma boa história do que um bom discurso de vendas. Eles se lembrarão das informações que você forneceu através de um vídeo, por exemplo, que gerou um sentimento de proximidade ou de confiança, o que pode auxiliar no processo de vendas.

Agora que você sabe que usar o storytelling na publicidade é a melhor maneira de criar conexões emocionais e laços duradouros com seu público-alvo, que tal contratar uma produtora de vídeos e incluir essa técnica na sua estratégia publicitária? Não perca tempo.