Prime Filmes
mar
13

Considerado o novo cartão de visitas das empresas na era digital, o vídeo institucional aponta para a evolução de um mercado que exige cada vez mais interatividade com o público. Vários estudos apontam que a ferramenta já está totalmente inserida no mundo corporativo, onde as marcas demonstram de uma maneira extremamente eficaz sua história, objetivos, produtos, serviços e resultados a um público que cresce de forma exponencial.

Nessa hora, criatividade e dinamismo são palavras de ordem. Mas como essa comunicação vai acontecer depende de vários fatores e deve ser aplicada de acordo com os objetivos pretendidos, já que quando se trata de criar um vídeo institucional de empresa, o princípio de que “um formato serve para todos” não é válido.

Neste texto, vamos te apresentar os principais formatos de vídeos institucionais, assim como as características e vantagens de cada um deles:

1. Vídeo Institucional Tradicional

Uma das maneiras mais eficazes de introduzir sua empresa ao público é através de um vídeo tradicional. Esse estilo permaneceu como unanimidade por muito tempo, e apresenta um formato linear da informação, ou seja, mostra os dados na ordem direta e de uma maneira bem completa, como um cartão de visitas.

O vídeo institucional tradicional costuma ser utilizado em diferentes ocasiões, como reuniões de negócios, exibições voltadas para o público interno ou, ainda, na internet ou redes sociais. Em muitos casos é o primeiro vídeo de que uma empresa vai precisar, por ser o que mais agrega valor ao conceito da marca em si.

2. Vídeo Institucional Moderno

Uma evolução do estilo de vídeo tradicional, mas com recursos inovadores. O vídeo institucais moderno conta com um início engajante e envolvente, chamando a atenção da audiência para um problema, uma pergunta, uma dúvida, para em seguida apresentar a solução oferecida.

A estratégia de um vídeo moderno irá levar a um maior engajamento e a mais pessoas assistindo até o final, pois as informações entram dentro de uma lógica que gera interesse: problema -> solução -> empresa -> chamada para ação. A linguagem mais moderna e o dinamismo aplicados na construção deste tipo de vídeo permitem um maior alcance de público e é ideal para ações de vendas ou marketing.

3. Vídeo Institucional Emotivo ou Conceitual

Quando o objetivo for falar da empresa sem utilizar termos formais, e o anseio for emocionar o público, podemos recorrer ao tipo de vídeo institucional que narra um storytelling, a imagens de impacto ou a uma mensagem simplesmente emotiva, que muitas vezes não se usa sequer locução, transmitindo o conceito através de imagens ou de uma história. Ao final do vídeo, a assinatura da logomarca apropria aquela mensagem para a empresa ou instituição.

O formato emotivo gera resultados para todos os públicos da empresa ou instituição, sejam externos ou internos e é mais utilizado em apresentações ou, ainda, pode ser veiculado em redes sociais e internet.

4. Vídeo Institucional Educativo

Utilizado quando a empresa quer transmitir, de forma educativa, uma informação ao consumidor, esse tipo de vídeo é elaborado no formato reportagem, com um apresentador, um repórter e linguagem jornalística.

Por usar formatos com os quais as pessoas já estão habituadas, esse tipo de material costuma ter resultados muito positivos, pois transmite credibilidade não apenas pelo seu estilo, mas também pelos dados utilizados para a construção do roteiro.

5. Vídeo Institucional Interno

Voltado para o público interno de uma empresa, esse estilo de vídeo recorre a técnicas mais simples e iconográficos na animação, além de gravações com equipe e equipamentos mais resumidos.

No entanto, esse material é de extrema importância para que a empresa explique informações mais complexas e de forma didática, que não seriam passadas ao consumidor final, de modo que os colaboradores compreendam cada ponto exibido.

Viu como há um vídeo diferente para cada situação? Agora que você já conhece as opções e as melhores práticas, conte com uma Produtora de Vídeo Institucional orientada para resultados e faça já o seu orçamento!

Sobre o autor

Deixe comentário